Explicar para as crianças que a maioria dos produtos que consumimos custa dinheiro é o primeiro passo da educação financeira. Mas como fazer com que o tema faça sentido no dia a dia delas? Para isso, na semana do Dia do Consumidor (15/03), os alunos do 5º ano do Fundamental II do Colégio Presbiteriano foram ao supermercado para uma aula prática.

De acordo com professora de Matemática da turma, France Hérika, o tema é abrangente e abre possibilidades para aprendizados muito importantes. “Vivemos numa sociedade que pratica o consumo excessivo, e é preciso ensinar às crianças sobre a importância do consumo consciente. Desta forma trabalhamos a educação ambiental, pois consumo consciente pressupõe menos matéria-prima retirada da natureza. Também abordamos a educação financeira que contribui para forjar comportamentos que podem fazer a diferença no futuro como: autocontrole; disciplina, organização e planejamento, gestão e inteligência financeira, capacidade de análise, dentre outros”, destaca.

Durante a aula prática no supermercado, cada aluno teve um valor em dinheiro para administrar. Uma atividade que vai muito além da Matemática, pois será preciso analisar os rótulos dos produtos, preço e peso e estabelecer a relação do melhor custo/benefício.